coordenadora Pronera

“Conseguimos a vitória que nós tanto almejamos”, comemorou a coordenadora do curso de Licenciatura em “Pedagogia da Terra”, Maria da Conceição Lobato, na abertura do Seminário de Encerramento e Avaliação do Projeto de Formação de Educadores e Educadoras da Reforma Agrária, em nível de Graduação no Estado do Maranhão, na última quarta feira, dia 09 de maio, em São Luís.

Concluíram o curso 72 alunos do curso realizado pelo Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), através da Universidade Federal do Maranhão. A turma, “Florestan Fernandes”, é a segunda formada pelo Pronera no Estado. São jovens e adultos de assentamentos reconhecidos pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), assim como quilombolas e trabalhadores cadastrados na autarquia. Eles poderão atuar nas séries do Ensino Fundamental e desenvolver atividades na gestão de processos educacionais nas escolas formais, não–formais e em movimentos sociais.

publico e mesa

A Fundação Sousândrade é a responsável pelo apoio técnico e estrutural de todo o curso e sua participação foi destacada na mesa de abertura do seminário.  “A Fundação Sousândrade não mediu esforços para nos ajudar. É uma parceira imprescindível para nos orientar e acompanhar”, disse a coordenadora Conceição Lobato.

A Coordenadora Técnica de Projetos da FSADU, Shirley Saraiva (abaixo), agradeceu a referência positiva, “Apoiamos este projeto desde o início com o máximo de zelo possível. É gratificante vermos tantos jovens aqui iniciando uma nova etapa de suas vidas. Em nome da Fundação Sousândrade, quero dizer que continuamos de portas abertas para novos projetos como este”.

Shirley falando na mesa

Também estiveram presentes na cerimônia de abertura a professora Dourivan Câmara, representando a reitora da UFMA, Nair Portela, Ulisses Sousa, representando o Colégio Universitário, Maria Leomar Pereira (MST) e Luís Alves Ferreira, do Centro de Cultura Negra.

Back to Top