Conexões de Saberes: Diálogos entre a Universidade e as Comunidades Populares e Escola Aberta. Dos 13.114 alunos matriculados na UFMA, em 2008, aproximadamente 43% foram de origem popular. Desse quantitativo, a Instituição abrigou 76 alunos nas residências estudantis e 512 com a gratuidade de alimentação no restaurante universitário.

Na execução do Projeto Conexões de Saberes e Escola Aberta, nos anos 2008 / 2009, foram beneficiados 47 alunos matriculados nos diversos cursos de graduação nos campi de São Luís e Imperatriz. Em 2010, foram beneficiados 60 alunos que não possuíam condições financeiras de arcar com sua permanência no Ensino Superior e apresentaram perfil de fragilidade acadêmica, o que pôde ser ultrapassado por meio de ações de capacitação e qualificação no Projeto.

O Projeto se desenvolveu em três eixos:

  • Política-institucional ? formação de uma política nacional de ações afirmativas destinadas à democratização do acesso e de permanência de estudantes de origem popular na universidade;
  • Formação acadêmica ? de estudantes de origem popular, participantes de Programa como pesquisadores e extensionistas, visando sua atuação qualificada, do ponto de vista social e técnico ? científico, em diferentes espaços sociais, nas comunidades populares e na universidade;
  • Interação comunidade, universidade e rede de educação básica: a implementação de projetos de extensão ? ensino ? pesquisa que promovam o encontro e a troca de saberes e fazeres entre as comunidades populares, a universidade e as escolas da rede pública de ensino fundamental.
Coordenador: Vigência:
Financiador: Executor:
Valor: R$ 423.616,00 Contrato(s): 007.040.041/2009
Back to Top